SÍNODO DA AMAZÔNIA

Maio-Junho de 2019

Sínodo da Amazônia

Editorial

A metáfora do apóstolo Paulo acerca das “dores de parto” indica a possibilidade de um recomeço. A imagem do parto expressa renovação. Todo parto é dolorido, mas depois que a nova vida é dada à luz, toda a dor é superada pela alegria.

Para que novos caminhos sejam percorridos, como propõem o tema do Sínodo e seu Documento Preparatório, é imprescindível ouvir os povos que habitam a Amazônia: habitantes de comunidades e zonas rurais, de cidades e grandes metrópoles, ri

Artigos Ver todos
A santidade no mundo de hoje das distorções

A santidade no mundo de hoje: das distorções ao autêntico chamado de Deus

Lino Batista de Oliveira

A santidade exige de cada um mais que conhecimento e vontade, pois, antes de tudo, é um chamado gratuito de Deus a, pela ação do seu Espírito, conformar nossa vida à de Cristo, que nos convida ao amor incondicional a Deus e ao próximo, especialmente aos sofredores: “tive fome...

UMA IGREJA COM ROSTO AMAZÔNICO

Uma Igreja com rosto amazônico

Reuberson Ferreira

O artigo, organizado com base na experiência missionária do autor, aponta caminhos que podem ser divisados como promotores de uma Igreja com rosto amazônico. Considera o que a Igreja amazônica pode oferecer à Igreja Católica no mundo, bem como o que ela precisa ser: uma Igreja plenamente católica na...

O Sínodo da Amazônia

O Sínodo da Amazônia: grito à consciência, memória da missão, opção pela vida

Roque Paloschi

Este artigo discorre sobre as três qualificações e tarefas do Sínodo da Amazônia: escuta do “grito à consciência”, “memória da missão” e “opção primordial pela vida dos mais indefesos”. Introdução Ao anunciar, em 15/10/2017, a realização de uma Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a Amazônia, o papa...

A Igreja na multiplicidade amazônica

A Igreja na multiplicidade amazônica

Osnilda Lima

A socióloga Márcia Maria de Oliveira convida o leitor a um despertar sobre a importância da Amazônia para toda a criação, sobre a relevância do Sínodo para a Amazônia e sobre as contribuições desse evento para a Igreja e mundo todo. O que é a Amazônia? Márcia Oliveira –...

Roteiros homiléticos Ver todos

2º Domingo da Páscoa

28 de abril

Testemunhas da ressurreição I. Introdução geral As leituras de hoje apresentam três temas importantes: a realidade da ressurreição, a confissão de fé, a relação entre ver e crer. A experiência do encontro com Jesus ressuscitado leva o discípulo a professar: Meu Senhor e meu Deus! A profissão de fé...

Domingo da Páscoa

21 de abril

01Os sinais da ressureição de Cristo I. Introdução geral Nas Sagradas Escrituras, um sinal não é simplesmente um evento milagroso, mas algo que aponta para uma realidade de significado mais amplo. Por analogia, é como um sinal de trânsito, que serve para orientar os viajantes na estrada, de sorte...

Vigília Pascal

20 de abril

Introdução Geral A teologia de Israel considerou o Egito como o símbolo do inimigo da humanidade, primeiramente porque, em hebraico, o nome Egito significa “Mar Estreito” e em segundo lugar porque a palavra faraó, quando lida ao contrário naquele idioma, resulta literalmente no vocábulo “pescoço”, “nuca” ou “cerviz” e,...

Sexta-Feira Santa

19 de abril

Introdução geral A teologia do Antigo Testamento destacou três grandes tipos de mediadores entre Deus e o povo: o Servo do Senhor, o Rei Messias e o Sumo Sacerdote dos últimos tempos. O Rei deveria manter o povo fiel à aliança e defendê-lo de quaisquer adversários. Ele era apenas...